BANCOS FAZEM EXIGENCIAS ABSURDAS


QUEM AINDA ESPERA AJUDA OU FACILIDADES DOS BANCOS, ESTÁ SE DECEPCIONANDO.

 

QUANDO DEVERIA REDUZIR JUROS, FACILITAR NEGOCIAÇÕES, FINANCIAMENTOS, OS BANCOS DIFICULTAM TUDO E COBRAM JUROS ABUSIVOS.

NO CENÁRIO ATUAL, DEVERIA HAVER UMA ANISTIA, PELO MENOS DE JUROS E MULTAS, PRORROGAÇÃO DE PAGAMENTOS DE  FINANCIAMENTO, SEM MAIS ENCARGOS, E NO MÍNIMO UMA CARÊNCIA ATÉ JANEIRO DE 2.021.

MAS NÃO, PARA COMEÇAR NEGAM CRÉDITO A QUEM ESTÁ COM PROBLEMAS CADASTRAIS, OU SEJA, A MAIORIA.

PARA QUEM ESTÁ COM CRÉDITO, OS JUROS SÃO ALTOS, NÃO HÁ NEGOCIAÇÃO.

O QUE FAZER ENTÃO? NÃO PAGAR, E USAR AS RESERVAS QUE VOCÊ TEM, SE É QUE AINDA TEM ALGUMA, PARA FAZER GIRO, E TRABALHAR POR CONTA PRÓPRIA. A ECONOMIA VAI ESTAGNAR E TERÃO QUE REVER SUA POSIÇÃO.

Se as pessoas e empresas estão sem crédito, sem dinheiro, a economia para, ninguém paga ninguém. Há uma estagnação, e não é isso que os bancos querem, ELES QUEREM ECONOMIA GIRANDO PARA TER MAIS DINHEIRO, PORÉM, AGEM COMO SE ESTIVESSEMOS APENAS EM UMA CRISE NORMAL , E NÃO EM UMA CALAMIDADE. 

Portanto, como estamos em uma situação de CALAMIDADE PÚBLICA, estamos diante de FATO IMPREVISÍVEL, ao qual a Lei ampara, para que cada um, busque melhores condições para rever sua vida financeira, e não seja obrigado a pagar o que não pode.

E, portanto, a situação terá que ser judicializada. Há casos, em que se consegue boas condições, e renegociações na via administrativa. Mas, para isso, Você vai precisar de um bom advogado.

Previous ORGANIZAÇÃO FINANCEIRA EM TEMPOS DE CRISE
This is the most recent story.

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *