Cobrança indevida


Esse tipo de situação é muito mais comum do que se pode imaginar. Normalmente, são três tipos de situação que ocorrem:

📚 Você tinha uma dívida, atrasou, mas pagou;
📚 Você tinha uma dívida, mas que foi paga em dia;
📚 Você não devia nada e está sendo cobrado.

Essas três situações vão impactar no seu score e você terá dificuldade de crédito, sem contar, que na maioria das vezes você é cadastrado no SERASA, SPC, CADIN e etc. Mas, que atitude você pode tomar diante dessa situação? 🤨

Orientamos sempre que você notifique a empresa por escrito, seja enviando uma carta AR, pelos correios ou uma notificação extrajudicial via cartório de títulos e documentos, concedendo um prazo de 48 horas para regularizarem a situação e enviarem documentação a respeito do débito, ou seja, explicações.
Assim, você terá uma prova documental de que procurou resolver a situação. ⌛

Entretanto, dificilmente você terá uma resposta, mas terá uma prova de que procurou resolver a situação. Não esqueça de fazer prints de conversas e números de telefones. Também não esqueça de sempre perguntar com quem está falando, anotando o dia, horário e o protocolo se tiver. 📄📅

Dessa forma, no caso de ser preciso ingressar com um processo judicial, com as informações adquiridas, você poderá requerer, por intermédio do seu advogado uma TUTELA DE URGÊNCIA, com a imediata retirada das restrições, podendo cessar as cobranças indesejadas, requerendo uma multa em caso de descumprimento e, por fim, uma INDENIZAÇÃO. 📝

Quanto aos valores de INDENIZAÇÃO, o assunto será abordado em um próximo artigo. 🤝🏻

Previous Pensão alimentícia
Next Indenizações por cobrança indevida

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *